Composição em homenagem ao Rio Grande do Sul é a grande campeã da 30ª Sapecada da Canção Nativa
29/05/2024 10:18 em Música

Composição em homenagem ao Rio Grande do Sul é a grande campeã da 30ª Sapecada da Canção Nativa

"Verso de Barro" levou para casa os troféus de 1º lugar e "Melhor Letra"

A grande final da 30ª edição da Sapecada da Canção Nativa conquistou corações e lotou a arena do Palco Nativista da Festa Nacional do Pinhão, no Parque Conta Dinheiro, na noite desta terça-feira (28), em Lages. Com uma homenagem ao Rio Grande do Sul, a canção “Verso do Barro” foi a grande campeã do concurso.

No palco desta edição comemorativa do maior festival nativista do Brasil, 16 composições mostraram o nível elevado dos músicos, com interpretações impecáveis, além da qualidade das letras e melodias. Para o superintendente da Fundação Cultural de Lages, Giba Ronconi, a Sapecada já conquistou o reconhecimento de ser um grande evento desde a primeira edição em 1993.

— Crescemos juntos com as Sapecadas, assistimos as gerações de músicos renovarem e manterem a música nativista sempre presente nos corações das pessoas. A edição de 2024 só solidifica o festival como uma importante obra de cultura e arte que representa o povo lageano em todo o mundo — avalia.

Foram mais de quatros horas de um verdadeiro espetáculo, onde o público vibrava a cada apresentação, mesclando concentração com estados de euforia. A grande campeã da noite foi a chamarra “Verso de Barro”, com letra de Marcelo Mendes e Rafael Ferreira, música e interpretação de Mauro Silva.

— Nem sei o que dizer de tão feliz. No ano passado levei para São Gabriel o troféu de primeiro lugar, com a composição “Rancho de Adobe”, e hoje novamente repetimos o feito. É muita emoção, principalmente, com o tema que trouxemos, que trata da enchente e da força do nosso povo gaúcho — conta Mauro Silva, compositor e intérprete da canção.

Os autores da letra, Marcelo Mendes e Rafael Ferreira, contam que nos meses de outubro e novembro de 2023, durante o período de fortes chuvas no Rio Grande do Sul, tiveram os dias de trabalho no campo marcados pelo cenário de intempérie.

CONFIRA AS VENCEDORAS:

1º Lugar: “Verso de Barro”, letra de Marcelo Mendes e Rafael Ferreira, música de Mauro Silva, ritmo chamarra, e intérprete, Mauro Silva;

2º Lugar: “Amaro, Norico e Léco”, letra de Francisco Brasil, música de André Teixeira, ritmo chamarra, e intérprete, André Teixeira.

3º Lugar: “Aromas de Saudade”, ritmo: milonga. Letra Dudi Marafigo e Arthur Almeida, música de Ingrid Dors, interpretação de Ricardo Bergha.

Música mais popular: “Tropilha de Corredor”, letra de José Maurício Rigon, música de Lucas Urdangarin Gross, ritmo milonga, intérpretes: Mauro silva e Lucas Gross.

Melhor Intérprete: Joca Martins, “O Não de Dentro do Sim”.

Melhor Instrumentista: Ricardo Comassetto, cordeona de botão em “Cordionita”.

Melhor Letra: “Verso de Barro”, letra de Marcelo Mendes e Rafael Ferreira.

Melhor Melodia: “Aromas de Saudade”, letra Dudi Marafigo, Arthur Almeida, Ingrid Dors, interpretação de Ricardo Bergha.

Melhor Arranjo: “O Não de Dentro do Sim”, letra de Matheus Marchezan Bauer, música de Lucas Gross, ritmo milonga, intérprete: Joca Martins.

Melhor Conjunto Vocal: “Araucária”, Trio Rédea Solta

Melhor Tema Campeiro: “Amaro, Norico e Léco”

Melhor tema sobre a Região Serrana: “Araucária”, Trio Rédea Solta

Fonte: NSC Total – Redação Lages – SC | Foto: Jary Carneiro Jr

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!